A Prefeitura de Maria da Fé (MG) decretou estado de emergência na última segunda-feira (11), devido aos danos causados pelas chuvas que caíram na cidade. Pelo menos 25 famílias foram atingidas. Casas foram inundadas, pontes caíram e também houve deslizamentos de terras em quatro bairros rurais.

Segundo a defesa civil da cidade, choveu 150 milímetros em um período de 4 horas na última segunda-feira (11). “Caíram seis pontes. Tem local que está sem acesso. Estamos trabalhando com a Secretaria de Obras e a Defesa Civil para tentar conseguir recursos federais e ajuda humanitária”, disse Marcos Mendes que coordena a defesa civil.

Um dos bairros mais castigados pelas chuvas na cidade foi o “Posses”, que fica na zona rural. E é, nesse bairro, que vive José Maria da Silva. Ele afirmou que toda vez que chove, o local registra enchentes e que as roupas, calçados e mantimentos que ele tinha em casa, foram perdidos.

Ainda no bairro Posses, três famílias ficaram ilhadas com a queda de uma ponte sobre o ribeirão que dá nome ao bairro (Posses). “A água estava muito forte, muito forte mesmo. Essa ponte é a mais antiga do bairro. Era uma ponte que era muito reforçada mesmo. Mas agora tem que fazer uma ponte provisória ali pra gente passar”, disse outra moradora do local, Maria Edilene Campos Santos.

Emergência

Com a declaração de estado de emergência a prefeitura pode fazer compras sem licitação e o município pode receber recursos governamentais.

  • Fonte: Prefeitura de Maria da Fé, G1, Secretaria de Obras e a Defesa Civil.